Para Pessoas

PSICOTERAPIA

psicoterapia-instituto-subjetiva

A PSICOTERAPIA é um serviço que auxilia o cliente na busca do autoconhecimento e na minimização do sofrimento psíquico, utilizando recursos internos da pessoa para a solução de problemas, através de instrumentos e técnicas específicas da Psicologia.​

O serviço de psicoterapia é oferecido para idosos, adultos, crianças ou em grupos.

Dúvidas Frequentes

O foco do primeiro atendimento é a compreensão dos motivos que trazem o cliente até a clínica. O cliente fornecerá algumas informações a cerca da sua vida, para compor a compreensão do caso, como o desenvolvimento e características dos seus relacionamentos profissionais, acadêmicos e pessoais, sua composição familiar e tipos de tratamentos e medicamentos que já se submeteu.

 

Uma sessão de psicoterapia infantil dura em média 50 minutos, podendo variar de acordo com a demanda de cada cliente.

Não, conforme estabelecido pelo Código de Ética Profissional (Resolução CFP nº 010/2005), as informações e conteúdos decorrentes dos atendimentos clínicos são de caráter sigiloso.
 

Diferente de um amigo, o psicólogo realiza uma escuta imparcial e livre de julgamentos, propiciando reflexões do próprio cliente sobre suas escolhas.

Esta é uma dúvida comum às pessoas quando pensam em ir ao psicólogo pela primeira vez, porém não há motivos para se preocupar. O ponto mais importante é que a pessoa esteja disposta a falar sobre suas questões.

Não há um padrão de tempo máximo determinado, o que definirá o tempo pelo qual cada pessoa vai precisar de tratamento depende da evolução e implicação de cada cliente.

A ressignificar o sofrimento, criar novas estratégias de enfrentamento para as adversidades do dia a dia. Além de auxiliar em demandas como como:

  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Síndrome do pânico;
  • Desenvolver habilidades sociais;
  • Alterações bruscas de humor;
  • Depressão pós-parto;
  • Dificuldades em lidar com separação, relacionamentos e luto;
  • Dificuldade em tomar decisão;
  • Necessidade em repetir atos sem sentido, como verificar as portas muitas e muitas vezes, lavar as mãos de maneira compulsória etc.
  • Medos (de animais, avião, pessoas e situações diversas);
  • Passar mal sem causa orgânica;
  • Ciúmes excessivo;
  • Pensamentos repetitivos e angustiantes;

O cliente tem a liberdade de desistir do acompanhamento psicoterápico em qualquer momento sem quaisquer ônus, sendo recomendado apenas que avise ao psicoterapeuta a decisão.

Ainda com dúvidas? Fale agora mesmo com um de nossos profissionais.

Copyright © 2021 – Instituto Subjetiva – CNPJ 27.255.811/0001-90 – CRP16 PJ: 454

Desenvolvido por Kaeme Agência Digital

×
×

Carrinho